05-02-2020 Marlene Sousa Imprimir PDF     Print    Print

Rotary distingue empresária e ex-presidente da Câmara das Caldas como profissionais do ano

Cerca de 140 pessoas juntaram-se, no passado dia 1, no restaurante A Lareira, para a cerimónia do Rotary Club das Caldas em homenagem ao ex-presidente da Câmara das Caldas, Fernando Costa, com a distinção de carreira profissional, e à empresária do Grupo Transwhite, Manuela Sábio, como profissional do ano.

osé António Correia, presidente do Rotary Club das Caldas, Manuela Sábio, sócio-gerente do Grupo Transwhite, homenageada como profissional do ano, e Fernando Costa, ex-presidente da Câmara das Caldas, com a distinção de carreira profissional

A sala esteve repleta de amigos e familiares dos homenageados. Os lucros resultantes do jantar serão direcionados para projetos do clube, nomeadamente no apoio ao equipamento nas urgências e pediatria do hospital e projeto de Santiago (Cabo Verde), da Rotary Fundation

A cerimónia foi aproveitada pelos rotários caldenses para integrarem mais dois elementos ao clube, Veridiana Tornich, advogada, e Gonçalo Mota, da área da manutenção industrial. Foram ainda entregues diplomas pelo apoio a seis bolseiros no ensino superior. 


Todos os anos o primeiro mês do ano é dedicado pelo Rotary Internacional aos profissionais, sendo os clubes incentivados a homenagear quem na sua comunidade se distinguiu pelo profissionalismo e ética. 

Este ano os rotários caldenses homenagearam como profissional do ano, Manuela Sábio, que exerce funções de gerente do Grupo Transwhite desde 2004. A homenageada alia a sua atividade empresarial à responsabilidade social, apoiando diversas causas e iniciativas, nomeadamente de instituições desportivas locais. Acredita na “diferença que as empresas podem trazer ao desenvolvimento da nossa comunidade”. Financiou este ano rotário uma bolsa de estudo a um aluno do ensino superior, residente no concelho das Caldas da Rainha.

“Foi uma surpresa, mas é muito agradável sentir que a nossa dedicação é reconhecida”, disse a empresária ao receber a distinção, que partilhou com a família e a equipa de 410 colaboradores.

Natural das Caldas da Rainha, Manuela Sábio estudou nas Escolas D. João II, Rafael Bordalo Pinheiro e Raul Proença. 

O Grupo é composto por duas empresas, a Transwhite, Transportes Unipessoal, Lda, e a Logiqueen, Lda, reconhecidas a nível nacional e internacional no setor dos transportes e da logística há mais de quinze anos.

Com sede na Zona Industrial das Caldas da Rainha, o Grupo dispõe de três armazéns: Caldas da Rainha, Albergaria a Velha e Holanda, e está presente na maioria dos países da Europa, com forte presença na Holanda, Alemanha, Bélgica, Inglaterra, Suíça e Polónia. 

A Transwhite tem ajudado quem mais precisa, desde instituições locais, famílias carenciadas, diversos eventos e equipas desportivas de variadas modalidades, desde a ARECO, o futebol feminino de A-dos-Francos, a Casa do Benfica, Vidais, Nadadouro, Caldas Rugby Clube, MVD, Sporting Clube das Caldas na modalidade de voleibol, equipas de surf – João Galeão e Carolina Santos, Acrotramp Clube das Caldas, patinagem da Casa do Benfica, entre outros. 

A empresa doou uma viatura Scania à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Lourinhã e disponibilizou uma carrinha ligeira para as deslocações de Pedrito a tratamentos realizados em Espinho.

Entregou bens de primeira necessidade na Unidade de Acolhimento de Crianças e Jovens da Santa Casa da Misericórdia das Caldas da Rainha, prestou apoio na Missão Pedrogão Grande com a disponibilização de diversas viaturas no apoio a várias iniciativas locais na recolha de bens, contribuiu para a compra de uma passadeira para o Centro de Educação Especial das Caldas da Rainha, apoio na aquisição de cadeira de rodas para o Rodrigo e participou em outras iniciativas solidárias. 


Fernando Costa elogiado pela sua dedicação à causa pública 


Fernando Costa destacou a “alegria e gratidão” que sentiu com esta homenagem de reconhecimento de carreira profissional, nomeadamente por terem “recordado muitas das iniciativas e obras ligadas à educação, cultura, saúde, desporto e turismo concretizadas nos 27 anos à frente dos destinos da Câmara das Caldas”.

O autarca disse que já recusou “homenagens e condecorações”, mas que quando o presidente dos rotários o convidou não pôde recusar por ter um carácter solidário “associado à angariação de fundos para obras nos serviços de pediatria do Hospital das Caldas”.

“Já depois de ser presidente da Câmara estive em quase todos os encontros em que se homenagearam pessoas das Caldas, muito mais credoras do que eu desta homenagem simples, sincera, mas muito digna para os distinguidos”, referiu. 

Fernando Costa, formado em direito, nasceu em 1950, em Santa Catarina da Serra, concelho de Leiria. Em 1968, vem para as Caldas porque o seu pai, polícia de profissão, foi transferido para esta cidade. 

Com 25 anos, é eleito deputado à Assembleia da República pelo distrito de Leiria, função que manteve até outubro de 1985.

No final de 1985 é eleito presidente da Câmara Municipal das Caldas, cargo no qual se manteve até 2013.

Na cerimónia foram destacadas as várias obras concretizadas nos seus mandatos, como a Escola de Arte e Design, Centro Cultural e de Congressos, Pólo da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste, piscina escolar e 1ª fase do Complexo Desportivo, piscina de Salir do Porto, Complexo de Ténis, entre outras. 

Das várias obras, Fernando Costa destacou a Escola Superior de Artes e Design de Caldas da Rainha, que já formou mais de dois mil alunos.

Conhecido pela irreverência e por dizer o que pensa, Fernando Costa lamentou a ausência do atual presidente da Câmara, Tinta Ferreira, e do deputado caldense Hugo Oliveira, revelando que os convidou e que não lhe disseram “porque não vinham”.

Pediu autorização para ser “politicamente incorreto” e com ironia disse que julga que “o presidente da Câmara não veio por estar neste momento com os engenheiros para tratar dos buracos da cidade das Caldas”.

O ex-presidente do município caldense disse que quando convidou alguns amigos para a cerimónia foi questionado se era um jantar da sua recandidatura à Câmara. “Descansem que não me vou candidatar”, assegurou, revelando que, no entanto, está disponível para ajudar os autarcas em “resolver os problemas das Caldas que se têm agravado nestes últimos anos”.  

O autarca sublinhou que é preciso lutar pelo novo Hospital do Oeste e que “ele fique nas Caldas e que não vá para outro concelho por falta de visão dos autarcas”. 

O homenageado agradeceu a todos os presentes, realçando a vice-presidente da Câmara das Caldas, o presidente da União das Freguesias de Nossa Srª do Pópulo, Coto e São Gregório, a governadora dos rotários, autarcas, deputados e dirigentes do CDS (do concelho e do distrito). 

Entre os presentes, usou da palavra para enaltecer as qualidades dos distinguidos, a deputada do PSD eleita pelo círculo eleitoral de Leiria, Olga Silvestre. 

A deputada dirigiu-se a Manuela Sábio como “uma grande mulher neste setor maioritariamente gerido por homens”, considerando a Transwhite um exemplo de “responsabilidade social”. 

Olga Silvestre destacou o percurso “notável” de Fernando Costa. “É uma personalidade sobejamente conhecida que se carateriza pela sua frontalidade e irreverência”, disse, destacando a sua “resiliência e a sua dedicação à causa pública há pelo menos 46 anos”. “Tem o lema de rotário no seu ADN - “Dar de si antes de pensar em si”, salientou.  

Já a vice-presidente da Câmara, Maria João Domingos, congratulou o clube caldense pelo “trabalho incrível a favor da comunidade”. 

Salientou a “excelente gestão do Grupo Transwhite”, que “não para de crescer, sendo uma mais-valia para o concelho e para a comunidade”. 

Maria João Domingos deu os parabéns a Fernando Costa pela homenagem, revelando que “estamos todos muito reconhecidos pelo seu trabalho”. Destacou o seu “rigor na gestão da autarquia” e a forma como “sempre ouviu e respondeu às necessidades dos seus munícipes”.  

Mara Duarte, Governadora do Distrito 1960, revelou que já visitou a empresa Transwhite, elogiando a importância de “ser simples na forma de liderar pessoas e de criar políticas inclusivas e, sobretudo, dar o exemplo na terra onde se trabalha”. 

A animação desta cerimónia foi garantida pela cantora Melanie Russo.

Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar