30-07-2020 Paulo Alexandre Imprimir PDF     Print    Print

Abaixo-assinado exige a reabertura da extensão de saúde do Pinhal Fanheiro, no Bárrio

A Junta de Freguesia do Bárrio está a recolher assinaturas numa abaixo-assinado que exige a reabertura da extensão de saúde do Pinhal Fanheiro, fechada desde a declaração de pandemia pelo novo coronavirus.

Cerca de 900 utentes ficaram sem alternativa ao pé de casa e têm que se deslocar à Cela, freguesia vizinha. A ausência de transportes públicos diretos para o local é uma dificuldade acrescida para pessoas idosas ou de mobilidade reduzida.
“Outras unidades reabriram em junho e a do Pinhal Fanheiro não tem data para abrir. A responsável pelo ACES Oeste-Norte, Ana Pisco, esteve sempre disponível para informar a autarquia sobre este processo, mas também não tem data para determinar a sua reabertura. A ausência de transportes para a Cela é um problema para a maioria dos utentes servidos pela unidade de saúde ainda encerrada”, explica a autarca local.
O documento que reclama a reabertura daquela unidade de saúde já conta com 3 folhas assinadas, mas vai continuar a recolher apoios, encontrando-se o documento disponível na junta de freguesia do Bárrio.
“Temos tido uma afluência significativa na assinatura da petição. Vamos aguardar mais uns dias e disponibilizar o documento em outros pontos de recolha que mais pessoas possam expressar a sua posição”.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar