05-02-2020 Arlindo Ferreira Imprimir PDF     Print    Print

Juvenis / 1ª divisão futebol 11

G. D. Peniche (B) 1 – AEÓbidos 3

O Óbidos a fazer jus à sua condição de líder, com melhor gestão dos tempos de jogo, alterações de ritmo e cadência, pressionando a primeira fase de construção do Peniche, obrigando o adversário a jogar em profundidade, sem resultados práticos. Venceu com justiça um Peniche abnegado, aguerrido e com qualidade. Essa marca da equipa de Carlos Pejapes, de resto, ficou bem patente ao longo da partida.

O Óbidos bateu a equipa sensação do campeonato da Série D

Previa-se uma tarde complicada para os morcegos. Mas o Óbidos começou por esgrimir argumentos de equipa sensação do campeonato da Série D, fazendo dois golos no primeiro período. E o primeiro sinal deram-no os obidenses, logo aos 8 minutos, quando Guilherme Martins, após ultrapassar os centrais disparou um míssil, entrando a bola como uma flecha no ângulo superior direito da baliza de Gonçalo Marto. Mas algo de surreal se passou neste lance: no momento da execução do remate o árbitro apita para permitir uma assistência a um jogador do Óbidos caído na área contrária do lance e o golo não contou.

Aos 23 minutos, Rúben Ferro faz um passe atrasado para Tomás Ferro rematar de primeira para o primeiro golo.

O Óbidos dilatou a vantagem aos 33 minutos, por Miguel Sedas, na execução de um livre direto.

As mexidas operadas pelo treinador penichense ao intervalo, com uma tripla substituição, melhoraram o futebol do Peniche, mais solto em toda a largura do terreno e com outra predisposição defensiva e atacante.

Guilherme Martins ofereceu o golo aos 68 minutos a Ernesto Santos, que à boca da baliza não perdoou.
Aos 80+5, beneficiando de uma grande penalidade, o Peniche reduziu por Simão Sousa, colocando o resultado em 1-3.

 


Árbitro: David Santos

Assistentes: Rúben Anjos e Diogo Sobral

G. D. Peniche: Gonçalo Marto; Bruno Monteiro; Tiago Nascimento; Martim Sousa; Dinis Ramos; André Chagas; Denilson Martins; Simão Sousa; Guilherme Almeida; Sebastião Thiran; Bernardo Gomes.

Suplentes: Rafael Firmino; Flávio Manuel; Tiago Henriques; Diogo Nascimento; João Amaro; Santiago Batista; Guilherme Rodrigo.

Treinador: Carlos Pejapes

Golo: (80+2 GP) Simão Sousa

AEÓbidos: Rui Santos; Rafael Ferro; Miguel Sedas (80+5) Pedro Martins; Tomás Zina (73' David Morgado); Tomás Ferro; Bernardo Barros (73' Diogo Santos); Thiago Martins; Edgar Manuel (61'Duarte Duque); Rúben Ferro; José Ferreira (61' Ernesto Santos); Guilherme Martins.

Suplentes não utilizados: David Chaves; Duarte Santos

Treinador: Sérgio Morgado

Golos: (23') Tomás Ferro; (33') Miguel Sedas; (68') Ernesto Santos



Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar