14-01-2021 Francisco Gomes Imprimir PDF     Print    Print

Novo ano começou com cinco nascimentos no hospital das Caldas

No primeiro dia de janeiro nasceram no hospital das Caldas da Rainha cinco bebés, o que gerou uma grande movimentação dos profissionais da unidade de saúde no arranque do ano, contrastando com a ausência de visitantes devido às restrições da Covid-19. Ainda assim, os pais que não tivessem estado com pessoas infetadas e não apresentassem sintomas da doença podiam assistir ao parto.

O primeiro bebé, um menino com 3,310 quilogramas, nasceu às 03h23, num parto com o auxílio de ventosa, o que o levou a ficar internado transitoriamente na neonatologia, num procedimento habitual. Os pais residem em Torres Vedras.
O segundo bebé nasceu de parto normal às 07h20 e foi uma menina, Matilde, com 3,385 quilogramas, filha de um casal de Peniche, Rute Ferrão, de 27 anos, operária fabril, e Hélio Chagas, de 45 anos, mecânico.
“É o meu terceiro filho, depois de um menino de cinco anos e uma menina de quatro, e não foi muito difícil. Com os irmãos foi mais”, contou Rute Ferrão ao JORNAL DAS CALDAS.
Deu entrada no hospital pelas dez da noite do último dia do ano, quando só estava previsto o parto ocorrer a 6 de janeiro. O marido acompanhou-a e assistiu ao nascimento, depois de terem celebrado a entrada no novo ano.
A pandemia trouxe-lhe receios naturais, mas a nova mamã mostrou-se tranquila. O que mudou em relação aos outros filhos foi ter de usar máscara.
Quem escolheu o nome de Matilde foi a filha mais nova, Maria.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar