19-02-2020 Francisco Gomes Imprimir PDF     Print    Print

“Baile de Fantasias” com idosos dá início ao Carnaval das Caldas

Os festejos carnavalescos nas Caldas da Rainha arrancam nesta quinta-feira com o “Baile de Fantasias”, destinado à população sénior do concelho e que vai reunir na Expoeste cerca de 700 participantes.

[+] Fotos
Preparação dos fatos de carnaval na Universidade Sénior Rainha D. Leonor

A “Festa de Carnaval - Baile de Fantasias” é um dos mais animados eventos destinados à população sénior, sendo esperadas sete centenas de participantes. Realiza-se nesta quinta-feira, pelas 14h30, no pavilhão da Expoeste, e dirige-se aos utentes do Cartão Municipal do Idoso e a todos os seniores que queiram participar, mascarados ou não. 

Como sempre, será uma tarde muito divertida, onde a criatividade dos grupos mascarados estará em exibição. No final haverá lembranças para os grupos mascarados. 

Este ano participam 18 grupos de instituições de apoio social, cada qual com o seu tema: Centro Social e Paroquial Nª Srª da Piedade dos Vidais - “Zé Povinho e Maria Paciência”; Casa do Povo de A-dos-Francos: “Onde está o Wally”; Santa Casa da Misericórdia das Caldas da Rainha: “Mágicos”; Centro Social Paroquial das Caldas da Rainha: Livre; Montepio Rainha D. Leonor: “Mestres de culinárias”; Associação de Solidariedade Social da Foz do Arelho: “Camponeses coloridos”; Centro Social Paroquial de Santa Catarina: “Astronautas”; Associação de Solidariedade e Educação de Salir de Matos: “Doutores e enfermeiras”; Centro de Desenvolvimento Comunitário do Landal: Livre; Associação de Desenvolvimento Social da Freguesia de Alvorninha: “Cowboys”; Centro Social e Paroquial Nª Srª das Mercês Carvalhal Benfeito: “Os soldadinhos de chumbo”; Associação Social e Cultural Paradense: “Frozen”; Fonte Santa – Centro Social da Serra do Bouro: “A vinha da Fonte Santa”; Centro de Apoio Social do Nadadouro: “Os amigos do mar”; Centro de Apoio Social da Freguesia de S. Gregório: “O mar”; Associação de Desenvolvimento Social do Coto: “Minnie e Mickey”; Clube Sénior das Caldas da Rainha: Livre; Universidade Sénior Rainha D. Leonor: “O circo”.

A organização é do Município das Caldas da Rainha e Grupo Concelhio de Apoio à Pessoa Idosa (constituído pelas instituições particulares de solidariedade social e juntas de freguesia do concelho).

O evento conta com a colaboração e animação dos alunos da Escola Técnica e Empresarial do Oeste (ETEO).


3000 crianças 

no desfile infantil


Na sexta-feira, a partir das 10h, a Praça 25 de abril e a Avenida 1º de Maio são palco do desfile infantil, no qual participam cerca de três mil crianças. A organização é do Grupo de Animação Infantil, uma parceria do Município das Caldas da Rainha, com as escolas básicas do 1º ciclo, jardins de infância da rede pública e as instituições particulares de solidariedade social.

No final do desfile haverá ainda um espetáculo com bonecos de animação e um lanche.

Este evento irá contar com a colaboração dos alunos da Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro e da ETEO, cujo grupo de bombos irá encabeçar o desfile.


20 carros 

alegóricos 

e 1200 figurantes


Os desfiles principais acontecem dia 22, às 21h30, e dias 23 e 25, às 15h, na Av. 1º de Maio. Vão desfilar mais de 1200 figurantes, quatro grupos musicais, um grupo de dança e vinte carros alegóricos.

Os Bailes do Casino, no Céu de Vidro (junto à entrada do Parque D. Carlos I), realizam-se nos dias 22 e 24, às 23h.

Este ano a autarquia investiu cerca de 90 mil euros, num evento que traz milhares de pessoas às Caldas.

Organizado pela Câmara, associações e coletividades do concelho, o Carnaval das Caldas é fortemente influenciado pelo universo das figuras de Bordalo Pinheiro tendo o Zé Povinho e a Maria Paciência como reis da folia.

Vestindo a pele das personagens, Cláudio Silva, de 30 anos, e Céu Ribeiro, de 53 anos, foram os escolhidos para este ano serem os reis do carnaval. 

Vendedores de consumíveis para hotelaria, mãe e filho, residentes no Coto, nas Caldas da Rainha, passaram pelo casting onde estiveram oito concorrentes (quatro homens e quatro mulheres). 

Este é o quarto ano que a Câmara organiza um casting para encontrar os protagonistas que serão presença nos vários eventos e desfiles que integram o programa. O prémio é um voucher de viagens no valor de 250€.

Céu Ribeiro e Cláudio Silva nunca desfilaram no corso na cidade, apesar de gostarem do carnaval. A mãe só se mascarou para estar entre a assistência e o filho apenas participou no desfile infantil, quando era criança. Mas nunca quiseram representar qualquer coletividade, porque receberam convites de várias, declinando para “ninguém ficar chateado”.

Resolveram este ano encarar o desafio de assumir as personagens bordalianas Zé Povinho e Maria da Paciência.

Foi Cláudio quem incentivou a mãe, que decidiu “dar um pontapé na morte e viver a vida”, após ter ultrapassado um grave problema de saúde – uma embolia pulmonar com enfarte no fígado – que sofreu no ano passado. “Quando saí do hospital, mascarei-me para ir ver o desfile”, recorda Céu, que sempre alimentou o desejo de um dia ser rainha do carnaval das Caldas.

“Temos de nos divertir” é o lema que adoptou como estilo de vida. Cláudio garante: “Somos pessoas divertidas”.

Para o júri que os escolheu preenchem os requisitos para animarem os desfiles de carnaval e representarem as figuras humoristas do universo de Bordalo Pinheiro: atitude, alegria contagiante e muita energia.

Elementos do Rancho Etnográfico do Reguengo da Parada, mãe e filho prometem animar o público.

Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar