18-09-2019 Marlene Sousa Imprimir PDF     Print    Print

PSD quer investimento de 29 milhões de euros no CHO nos próximos três anos

Sem tirar relevância à construção do novo hospital do Oeste, os candidatos do PSD pelo círculo de Leiria nas próximas eleições legislativas defendem um investimento imediato no Centro Hospitalar do Oeste (CHO). “Nos próximos três anos há necessidades de investimento no CHO que andarão na casa dos 29 milhões de euros, porque há carência de valências, de equipamentos e de profissionais de saúde”, disse ao JORNAL DAS CALDAS Margarida Balseiro Lopes, cabeça de lista, depois de uma reunião com conselho de administração do CHO no passado dia 13.

Candidatos do PSD pelo círculo eleitoral de Leiria reuniram com o conselho de administração do CHO

Segundo a candidata, a saúde é uma prioridade do PSD e há várias críticas que podem ser feitas ao governo, mas a mais forte “tem sido na área da saúde, que tem sido completamente negligenciada”. 

A líder social-democrata critica no CHO a redução das 35 horas. “Não vou discutir a bondade da medida, a verdade é que no CHO essa medida traduziu-se numa redução ao dia de hoje de cerca de 80 profissionais de saúde, tendo impacto naquilo que é a qualidade da prestação dos serviços à população”, declarou. A candidata considera que acentua um problema crónico que o país tem que é “a desigualdade de oportunidades, porque quem tem dinheiro consegue recorrer em tempo útil a uma consulta de especialidade”.

Margarida Balseiro Lopes teceu ainda duras críticas às longas esperas no CHO para uma consulta. “Cerca de dois anos de tempo de espera para uma consulta, como é o caso de neurologia, é aqui que percebemos que a saúde não foi claramente uma prioridade para o governo e o PSD tem que assinalar com estas visitas o empenho dos profissionais de saúde, que apesar de todas estas dificuldades, dão o melhor de si para prestar cuidados de saúde à população”.

O vice-presidente da Câmara das Caldas e vice-presidente da distrital de Leiria do PSD, Hugo Oliveira, que é o número dois da lista daquele partido à Assembleia da República pelo círculo de Leiria, devendo ser eleito deputado, disse que, independentemente de quem ganhar as eleições, é urgente investir no CHO, nomeadamente na unidade das Caldas. “Foi sinalizado pela administração que os equipamentos, estão obsoletos e precisam de ser substituídos e é preciso dotar o orçamento de condições para que o plano de investimento de 29 milhões para três anos se concretize para dar condições aos profissionais de saúde e essencialmente um serviço de qualidade aos utentes”, referiu.

Para Hugo Oliveira o hospital novo deve estar “no horizonte para o futuro”, mas até estar construído é preciso “olhar para aquilo que temos no momento em Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche”.

O candidato lembrou que “as obras na urgência na unidade das Caldas, que estão quase a terminar, num investimento de cerca de dois milhões de euros, são fundamentais, mas não são o suficiente e é preciso modernizar o hospital”. O número dois na lista por Leiria também teceu críticas ao governo naquilo que tem sido a “sua intervenção na saúde, que está à vista de todos e tem consequências graves”.

Depois do encontro com o conselho de administração do CHO, os candidatos do PSD por Leiria foram à AIRO (Associação Empresarial da Região Oeste). Segundo Margarida Balseiro Lopes, “apresentámos o programa eleitoral está dividido em três vetores que são essenciais: o primeiro é a criação de riqueza que é feita através das empresas, o segundo é a intervenção social e a qualidade de vida, e a terceira a componente ambiental da sustentabilidade”.

Margarida Balseiro Lopes elencou as principais propostas do PSD para os 16 concelhos do distrito de Leiria: a requali?cação da Linha do Oeste, a abertura da Base Aérea de Monte Real à aviação civil, a modernização do IC2 e do IC8, o reforço do investimento no Centro Hospitalar de Leiria e no CHO, a promoção e reconhecimento da excelência do Instituto Politécnico de Leiria e a re?orestação do Pinhal de Leiria.

 

Rui Rio nas caldas

 

No dia 26 de setembro, pelas 17h00, o líder do PSD, Rui Rio marcará presença na cooperativa de fruticultores e organização de produtores Frutalvor, nas Caldas da Rainha, e pelas 18h00 passará na Rua das Montras.

No dia 28, pelas 20h00, terá lugar no Restaurante Salão Milénio (Hotel Caldas Internacional) um jantar de apoio ao candidato Hugo Oliveira, com a presença do ex-ministro Miguel Poiares Maduro. As inscrições estão abertas. 
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar